Meu Progresso

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Reganho de Peso Pós Bariátrica by Vanessa Queiroz ( parte 2)


“Ganhei peso após a cirurgia bariátrica e não consigo perder. O que eu faço?”

A pergunta acima é mais comum do que se imagina. Infelizmente é normal que após a cirurgia bariátrica, popularmente conhecida como cirurgia de redução de estômago, os pacientes recuperem o peso perdido, às vezes engordando até mais do que antes.

As causas são variadas, mas todas elas convergem para um ponto em comum: a crença de que a cirurgia bariátrica é o ponto final na busca pelo emagrecimento, quando na verdade ela é apenas o ponto inicial.

Mais importante do que a cirurgia em si é o pós-operatório, com acompanhamento clínico, psicológico e nutricional e o seguimento de uma dieta que sirva para devolver e balancear os nutrientes e vitaminas perdidos na operação e para manter o peso adquirido.

Exercícios físicos são fundamentais após a cirurgia bariátrica

O ideal é aproveitar a boa forma conquistada com a cirurgia para desenvolver hábitos mais saudáveis e, para manter e evitar o reganho de peso após a operação, praticar atividades físicas é absolutamente essencial. Isso porque em algumas modalidades da cirurgia, a perda de peso ocorre de maneira gradual.

Uma pesquisa de uma universidade australiana comprovou que a prática de exercícios físicos após a cirurgia bariátrica representava uma perda de quase 4 kg. Além disso, os exercícios servem para evitar a perda exagerada de massa muscular como decorrência da cirurgia.

Você não pode “chutar o balde” após a cirurgia; mantenha a dieta!

Muitas pessoas também têm a crença de que, após a cirurgia bariátrica, poderão comer o que bem quiserem quando bem entenderem, mas não é assim que a banda toca. Como dissemos mais acima, seguir a dieta recomendada pelo nutricionista no pós-operatório é imprescindível.

Além de servir para repor e balancear os nutrientes e vitaminas que foram perdidos na cirurgia, a dieta em si já representa um hábito mais saudável para o paciente, juntamente com a prática de exercícios físicos.

Se o paciente seguir a dieta recomendada, dificilmente irá sofrer com o reganho de peso, pois irá comer os alimentos certos, nas quantidades certas, nas horas certas, não apenas mantendo o resultado alcançado com a operação como, também, melhorando-o.

A cirurgia bariátrica não faz milagre, você também é fundamental

Como nós explicamos lá em cima, a cirurgia de redução de estômago não é o último ponto na sua caminhada rumo ao emagrecimento, mas sim o primeiro; no máximo, um atalho.

De nada adiantará você “entrar na faca” para reduzir o seu estômago e continuar ingerindo alimentos que não são saudáveis, comendo em excesso e mantendo-se fiel ao sedentarismo.

A cirurgia bariátrica precisa ser encarada como um facilitador na difícil missão de emagrecer. O paciente deve aproveitar as facilidades que o resultado da operação traz para desenvolver hábitos mais saudáveis, os quais não conseguia praticar antes em virtude dos problemas causados pela obesidade.

Aproveite que a operação reduziu sua fome e coma menos. Coma melhor. Faça uma dieta saudável e aproveite o seu novo corpo para fazer coisas que você não conseguia antes, como praticar exercícios, tornar-se adepto de um esporte e desenvolver uma rotina que não apenas mantenha os resultados da operação, mas que os melhore.

Nenhum comentário:

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP