Meu Progresso

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

REGANHO DE PESO PÓS BARIÁTRICA: COMO EVITAR?

Galera, fiz uma parceria com Vanessa Queiroz que me fez a proposta de fazer Guest Post relacionados com meu blog. 
Após uma enquete no facebook, separei alguns temas sugeridos por minhas queridas facefriends e o primeiro tema a ser abordado será: REGANHO DE PESO PÓS BARIÁTRICA: COLO EVITAR?
Aguardo Comentários!!!!
Força na peruca e vamo que vamo! 



Mais da metade dos pacientes de cirurgia bariátrica voltam a ganhar peso. Saiba como não entrar nessa estatística

A cirurgia bariátrica, popularmente conhecida como cirurgia de redução do estômago, tem crescido consideravelmente em popularidade entre os pacientes brasileiros nos últimos anos: estima-se que o Brasil seja o segundo país no mundo em número de cirurgias desse tipo realizadas anualmente.

Apesar de trazer resultados satisfatórios no curto prazo, para que eles sejam mantidos é necessário um bom acompanhamento no pós-operatório, assim como o seguimento de uma dieta que mantenha a forma adquirida. Ocorre que grande parte dos pacientes que se submetem à cirurgia bariátrica acredita que, após o procedimento, podem voltar a comer tudo o que bem entenderem.

É justamente aí que mora o problema. Isso porque mais da metade dos pacientes da cirurgia bariátrica voltam a engordar após a operação, justamente por não adotarem hábitos alimentareis mais saudáveis e ignorarem o acompanhamento pós-operatório. Enquanto recuperar alguns quilos é completamente normal, outros pacientes chegam a ganhar até mais peso do que tinham antes da redução de estômago.

Como evitar o reganho de peso após a cirurgia bariátrica

Para não voltar a ganhar peso após a cirurgia bariátrica é importantíssimo não abrir mão do acompanhamento clínico pós-operatório com médicos, psicólogos e nutricionistas, que serão fundamentais para ajudar o paciente a manter o equilíbrio psicológico e, também, dos resultados da operação e da dieta que deverá ser obedecida para manter os resultados da operação.

Manter-se firme na dieta é imprescindível para não voltar a ganhar peso após a cirurgia bariátrica, pois apesar de a cirurgia implicar em uma diminuição na capacidade de absorção do seu estômago, isso não impedirá que a ingestão de alimentos demasiadamente calóricos (como doces, frituras, chocolates, etc.) impeça o paciente de voltar a engordar.

É importante que o paciente tenha em mente que a cirurgia bariátrica em si não faz milagres. Muitos acreditam que após a cirurgia deixarão de sentir fome, que poderão comer o que quiser, que como o estômago foi “reduzido” não engordarão novamente. Não é assim que funciona e, no final das contas, a disciplina do paciente no pós-operatório será tão importante quanto o trabalho do cirurgião em si.

O ideal é que o paciente enxergue a cirurgia bariátrica como um facilitador para o emagrecimento, e não a solução em si. Se o paciente aproveitar a cirurgia para passar a adotar um estilo de vida mais saudável, é até melhor, pois a tendência é que os resultados melhorem ainda mais.

Dicas para evitar o reganho de peso após a cirurgia bariátrica

O objetivo deste artigo foi alertar os pacientes de cirurgia bariátrica a adotarem hábitos que evitem o reganho de peso após a operação. Em resumo, seguem algumas das sugestões:


Manter-se no acompanhamento pós-operatório com médicos, psicólogos e nutricionistas;

Seguir rigorosamente a dieta, pois a cirurgia bariátrica não faz milagres: encare a operação como um facilitador do emagrecimento e não como a solução;

Adotar hábitos saudáveis: aproveite que está mais magro e se habitue a praticar exercícios físicos para manter a boa forma;

Não caia na ilusão de que, com a operação, você deixará de sentir fome ou poderá comer o que quiser.

Artigo produzido por Marcos Chaves, redator da equipe do site Plano de Saúde

12 comentários:

Ira Rocha disse...

Estou com 02 anos e 04 meses de operada e posso dizer que estou muito satisfeita, mas a luta continua! Se no final de semana abuso durante a próxima me policio ....mudei muito meus hàbitos alimentares...procuro me alimentar de 03em 03hora sempre...cortei o açúcar. 99 o/o. AMEI A MATÉRIA !

Vivi disse...

Estou sentindo isso na pele. 4k aqui q insistem em pertencer onde já não pertencem mais. Não é fácil, mas, tb não é impossível. Qdo subi na balança e percebi isso, deu meio q uma neura. E parece q a fome triplicou.
Muito foco nessa hora. E acompanhamento tb!!
beijo lindona!!

Raquel Netto disse...

Eu também acreditava que não teria mais problemas com a balança, mas infelizmente não é bem assim. Tive reganho de peso e mesmo fazendo atividade física e acompanhamento nutricional, tenho tido dificuldades em baixar o peso. Já estou cogitando a hipótese de ajuda psicológica, pois a mentalidade de obeso está bem aflorada!!
Adorei seu post. Estava com saudades!
Beijoca

Thaisa Salge disse...

Fá, a luta é diária!
E pela minha experiência, até 5 anos pós-operada foi muito tranquilo manter o peso. Agora está super complicado mas o segredo é esse... acompanhamento médico, nutricional, psicológico e novos hábitos.
Eu engordei 7kg em 5 anos. Considerando que tive uma gravidez nesse período acho que estou numa boa média, mas isso me incomoda profundamente.
Beijo grande!

vivi disse...

Eu tenho 2anos e 5 meses de operada e só emagreci 30kg contínuo obesa.Agora isso tá me deixando depressiva ,não nem vontade de sair.faz cama

Fabíola Neves disse...

Que bom que gostou da matéria.
Continue determinada.
Força na peruca e vamo que vamo!

Fabíola Neves disse...

Que difícil, né?
Eu estou com 10 a mais.
Tenso.
Força na peruca e vamo que vamo!

Fabíola Neves disse...

Procurar profissionais é o mais recomendado. Pessoas que sabem o que estão fazendo e pode nos auxiliar.
Procure mesmo uma psicóloga. Ajudará muito nesse processo.
Força na peruca e vamo que vamo!

Fabíola Neves disse...

Calma. Procure ajuda profissional.
Força, foco e fé!
Força na peruca e vamo que vamo!

Maríssia disse...

Oi,Fabiola,não sei se vc lembra de mim.Vc foi minha inspiração para fazer minha cirurgia ,tenho dois anos e meio de operada e emagreci cinquenta e cinco quilos ,estou muito feliz,vestindo as roupas da minha filha,mas morro de medo de engordar.tento me alimentar de tres em três horas , só que tenho muito dupping com açúcar e coisas calóricas,acho que isso me ajuda.Por exemplo amava toddynho ,tomei uma vez quase morri ,fiz outra tentativa e passei mal de novo,agora não posso nem olhar e assim foi com varias coisas.Mais tenho pânico em pensar que posso ganhar peso.

cardoso disse...

Tenho 3anos e 4 mese de cirurgia mas , com alguns descuidos voltei a engordar , 8kl estou desesperada pois nao como comida somente saladas carnes e muuita bobagen tipo doce, salgadinho,bolacha salgada, amendoin ,nao cinto fome cinto vontade de estar mastigando alguma coisa ,e sao essas coisas que nao me faz passar mal ,so o arroz e feijao nao desse.Tentei fazer a plastica e nao consegui se alguen puder me ajudar ,agradeço.

Anônimo disse...

Eu sempre fui gordinha, já tentei de várias formas emagrecer e descobri que tenho hipotiroidismo.. Estou pesando 118kg e tenho 1,65 de altura..
Gostaria de saber o valor da cirurgia, não tenho convênio..
Se possível, me passe informações pelo e-mail : marismiss2009@gmail.com

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP