Meu Progresso

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Tô mal

Depois de toda euforia que foi a noite passada, nunca pensei poderia ficar tão mal!
Hoje recebi uma visitinha e um convite pra visitar um blog.
Depois que fiz o último post contando sobre a noite passada, fui visitá-lo e me deparei com uma mãe demonstrando um carinho infinito para com as duas filhas.
Fez um blog LINDO pra contar o seu sentimento por elas, as conquistas de cada uma, as descobertas...para que um dia elas leiam e entendam todo amor que ela sente pelas crianças. Foi isso que inferi de tudo que eu li.
Me senti tão mal pela mãe que sou!!!
Meu filho meio que implora pela minha presença e a única coisa que consigo dizer pra ele é que não tenho paciência pra brincar. Ele olha pra mim com o ar mais desolado do mundo e não diz nada. Sinto que ele gostaria de sentir mais a minha presença e o meu amor.
Em vez disso, sou rígida demais, com medo que eles fiquem crianças mal educadas. Cobro muito dos dois uma atitude de responsabilidade.
São apenas crianças! E eu, um monstro.
Estou escrevendo isso aos prantos. Fiquei mal de verdade, mas tinha que registrar uma coisa.

Luísa e Gulherme,
Eu amo muuuuuito vocês dois.
Eu amo tanto, um amor tão infinito que chega a doer de pensar o tanto que eu não consigo ser a mãe que vocês merecem ter.
Vocês são muito preciosos, especiais de verdade.
Me perdoem!!!!

12 comentários:

Anônimo disse...

Oi Fabíola,
Espero que tenha sido apenas um "choque" e que você esteja melhor. Acredito que devamos sempre dar o melhor que PODEMOS. Mãe sempre acha que deveria ser melhor...
Não foque no negativo e se achar que pode e deve, fique mais com seus filhos. Não importa a quantidade, mas o tempo que estiver com eles, esteja realmente com eles.
Por favor, fique melhor...
Luzia

Minha Mudança Eh HOJE! disse...

Oie Fabiola
Meu nome eh Tatiane hoje é o 3 dias que estou no seu blog, a uma semana estou pesquisando sobre o assunto obesidade pois ela bateu na minha porta e eu estou desesperada. Li tudo sobre vc aki, tudo mesmo deste do primeiro post, entre um atendimento e outro aqui no meu serviço eu venho lendo a sua historia e sinceramente me sinto inspirada a seguir a minha luta. Criei um blog pra poder por minhas dores e alegrias aqui.
MAIS HOJE VENDO ESTE POST me senti no direito de dar a minha opnião.. (ME SINTO AMIGA) QUERIDA VC EH MARAVILHOSA como pessoa e como mãe imagino que seja a melhor do mundo. Pois alem de ajudar a vc e sua familia a ser mais feliz pois acredito q com a vida q vc tem hj seus filhos tem uma mãe mais bonita linda e saudavel que pode viver muito mais. Pois a obesidade mata e muito pelo o que eu sei. Alem disso vc tem ajudado outras mães a estar no mesmo grau que vc FELIZ E SAUDAVEL.
Esta mãe q vc viu no blog não eh mais que vc ou menos e IGUAL pois vc tambem tem lutado e amado seus filhotes como ela e tenho certeza que mesmo com td que esta sentido hj ACHANDO que naum eh boa o bastante eh só uma BESTEIRA feminina... APENAS ISSO>..

VC tem me ajudado muito, naum nós conhecemos mais sei q vc eh uma BENÇão DE DEUS, mulher virtuosa, com uma linda missão.

PARABÉNS PELA MULHER MÃE FILHA E AMIGA.

Att Tatiane

Lu Navarino disse...

Fabíiiiiiii, minha amiga chorona, tb somos assim, mães que amam muuuuioto seus filhos ficam assim tb, quero só te lembrar um coisa...hj nós gostamos da Luísa e do Guilherme pelo enorme carinho que vc fala deles, pq nós não os conhecemos então só podemos gostar deles através do tãotão que vc gosta....e se vc consegue passar para essa blogesfera que te ama o que eles são para vc....imagine para eles?....Não fique assim não...tenho certeza que eles sabem que são sua vida!!!! Um grande beijo

Hanna Vonlux disse...

Ouuuwn não fique mal, o fato de as vezes ser ridida com teus filhos não quer dizer que não ame eles mais que a tudo *-* As vezes crianças precisam mesmo.
Beijo Fofa, tudo lindo aqui*_*

Su disse...

Linda!
O que é isso?
Se você fosse má mãe nem sequer ficaría abalada pelo assunto. Você ficou assim porque ama os seus filhos e quer o melhor para eles.
Às vezes os relatos escritos não correspondem a toda a realidade e a nossa culpa e sentido crítico em relação às nossas capacidades maternais também não são tão fiéis assim.
O que é bom é querermos melhorar, preocuparmo-nos com a saúde, segurança e crescimento equilibrado dos nossos filhos. certamente é esse o seu caso.
É perfeita? Provavelmente não. Nem eu (mas também gostaría). Não sou perfeita mas como costumo dizer "faço o melhor que posso e sei com as condições que tenho na altura". Aprendi isto à custa de muito sofrimento e nunca esqueci que essa tería de ser o meu lema.
Não serve de muito criticarmos os que já fizemos ou se podiamos ter feito melhor. Já passou.
vamos melhorar a cada dia, dar o nosso melhor e a mais não somos obrigadas pois sobretudo somos gente, não somos máquinas.
Um dos propósitos que me incentivei foi deste ano ter 10min por dia só para passar com os meus filhos. 10minutos! Absurdo! Eu devia passar muito mais do que isso com eles, mas a realidade é outra. Quando eles estão em casa, há jantar para fazer, banhos para dar, cães para alimentar, etc.O cansaço do dia de trabalho que também não desaparece por artes mágicas...tudo aquilo que você também sente e vive.
10 minutos é muito bom para mim, pois no ano passado nem isso eu conseguia passar a brincar com eles. sou má mãe por lhes dedicar tão pouco tempo? Não. Pois para mim eles estão à frente de tudo e todos. Zelo por eles e pelo seu bem estar 24h por dia. Cuido deles, amo-os, alimento-os, protejo-os, acarinho-os, defendo-os como uma leoa...e no final do dia falta pouco tempo e disposição para brincar. É esta a realidade.
O resto são contos de fadas.
Tenta guardar uma noite por semana para fazer algo em família (ver um filme, jogar um jogo, cantar em voz alta...) e aproveita esse serão bem. Não percas a oportunidade de os beijar e lhes dizer que os amas e que estás muito orgulhosa deles. de lhes explicar que quando és rígida é por amor e preocupação e não por falta de algum destes sentimentos.
As crianças precisam destas palavras ou demonstrações da nossa parte para se sentirem seguras. Assim elas irão eprceber o quanto as amas e tu também vais ganhar consciência disso.
beijocas linda e desculpa o longo texto mas os nossos filhotes merecem e tu também.
Bom fim-de-semana

Ninha disse...

Fabiola. sou mae de uma pequena de 2 aninhos. Nao tanta experiencia como vc e quem sabe, com um pouco mais de paciencia.

E' dificil. Nao ha' paciencia que aguente determinadas birras e confrontos desses pequenos.

Mas ja que vc esta incomodada, tente mudar! Isso mesmo. Mude em pequenas coisas..converse mais, se obrigue a brincar de carrinho, de jogo, de desenho. Nao por vc...por ele.

Quem sou eu pra tentar mudar teu jeito de ser...ne mesmo? uma recem mamae de 28 anos.

Mas desde que engravidei disse: vou ser a melhor amiga da minha filha. Nao quero ser rigorosa com banho, comida, educacao. Quero ser conselheira, idolo, amiga.

Qnd me pego falando alto com a pequena, respiro e peco desculpas na mesma hora e digo que a amo e pergunto se ela me ama se eu sou a mamae mais linda do mundo e coisa e tal.

Minha filha e' a mais educada do predio-pede desculpas, licenca, por favor. A mais esperta e o melhor. qnd eu chego perto dela, ela faz uma festa como nenhuma outra crianca do predio e fala bem alto: A MINHA MAMAE! olha minha mamae linda?...tds babam.

eu valorizo cada minuto com ela e so vou para algum lugar se ela puder ir. show, jantar, festa...claro q tem o momento com o marido apenas...mas as preferencias sempre incluem a pequena.

Nao se sinta mal....mude se algo te incomodar muito, como parece que esta incomodando.

bj e se quiser papear mais...estou as ordens!

Marina Vieira Claro disse...

amiga... tenho certeza que vc a mãe que Papai do Céu pediu...
aposto que vc faz tudo o que consegue e da melhor maneira possível....
não se compare ou intimide por encontrar pessoas diferentes de vc,... aposto que se perguntados, teus filhos não saberiam dizer outro nome... senão ... mãe...
eles te amam... tenha certeza...

beijos amiga.. e curta o amor da sua linda família..

flavia virginia disse...

Amiga, fala sério...
Eu tenho o imenso privilégio de ser sua amiga e de conhecer a lú e o Gui. Sei que eles são as crianças mais doces e formidáveis do mundo e sei que seu carinho e atenção sempre estiveram permeando o desenvolvimento deles e assim eles tem se tornado pessoas tão equilibradas, claro, assim como eu, eles sabem que podem contam contigo tara tudo nessa vida. Amiga, essas crianças são a razão da sua vida e são a razão deste blog existir. Sei que apesar de trabalhar tanto, de correr a tal pondo da gente ficar meses sem se ver, sei que seus piquerruchos e seu maridão, meu amigo Eliomar são a sua vida e a razão primaria do seu despertar.Foi o amor que vc tem por eles que te fez sair da comoda posição do casulo e se transformar em borboleta. Amiga, vc tem um coração gigante, e eu tenho a grande sorte de ser sua amiga e ver na educação que tem dado aos seus filhos um exemplo a seguir.Há..., muuuuuuti obrigada por estar comigo e com a Olímpia na noite do dia 26, essa vai entrar pra história... TE AMO! FLÁVIA

Débora Durães disse...

Ola querida!!!
Eu tbm sou mae: de um jovenzinho de 17 anos e de uma princesa de 03 anos. Com o Filho, fui super rigida, e tinha um bloqueio p/ brincar, conversar, td. Eu era muito nova qdo tive ele. Estudava, trabalhava,meu casamento nao era legal. Um monte de problemas! Dai da menina resolvi que precisava de uma "psico". Sei que nao acredita muito. Ja me disse isso. Mas p/ mim tem sido tão bom. Sinto que estou sendo diferente com minha princesa. E agora tenho mudado o meu relacionamento c/ o filho,sei que é um longo caminho a percorrer. Mas vai dar certo. Pq eu AMO ELE! E a princesa tbm!
A gente sabe e sente que vc ama seus filhos!!!
E vc: Força na peruca e vamo que vamo!!!
Bjos

Débora Durães disse...

Ola querida!!!
Eu tbm sou mae: de um jovenzinho de 17 anos e de uma princesa de 03 anos. Com o Filho, fui super rigida, e tinha um bloqueio p/ brincar, conversar, td. Eu era muito nova qdo tive ele. Estudava, trabalhava,meu casamento nao era legal. Um monte de problemas! Dai da menina resolvi que precisava de uma "psico". Sei que nao acredita muito. Ja me disse isso. Mas p/ mim tem sido tão bom. Sinto que estou sendo diferente com minha princesa. E agora tenho mudado o meu relacionamento c/ o filho,sei que é um longo caminho a percorrer. Mas vai dar certo. Pq eu AMO ELE! E a princesa tbm!
A gente sabe e sente que vc ama seus filhos!!!
E vc: Força na peruca e vamo que vamo!!!
Bjos

Danielle Queiroz disse...

Amiga, hj mesmo li num blog q não podemos mudar o passado, mas podemos fazer mais para termos um futuro melhor!
Tenho certeza de q vc não é um monstro, vc é uma mãe maravilhosa, já deu várias demonstrações disso aki no blog mesmo...
Mas se está achando q deve melhorar, vamos lá... força na peruca amiga.
Eu trabalho 12 horas, chego em casa moída e a primeira coisa q meu pequeno faz é me chamar pra dançar kkk (ele adora os clips da MTV), largo a bolsa e começo a rodopiar com ele, essas horas nem me lembro do dia cheia q tive, viro criança e faço desses minutos os mais felizes da minha vida (sei q na vida dele haverá outros minutos felizes rsrsrr).
Não tente mudar quem vc é amiga, faça akilo em q se sentir confortável, talvez brincar de combate seja estranho pra vc, mas um joguinho com cartas, ou sei lá, outras brincadeiras podem ser bem prazerosas, bjssss

pensandoemfamilia disse...

Olá

Vi vc no blog da Luzia e vim conhecer seu espaço.
Sabe cada um de nós tem uma forma própria de dar amor e vc certamente faz o seu melhor. A culpa é um sentimento que paralisa. Os filhos captam como esponjas nossos sentimentos. Ser mãe não é fácil exige muito de nós mulheres spela construção deste papel ao longo da história.
Parabéns pelo seu progresso em relação a obesidade.

bjs

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP